Essa é uma história fictícia, cada post representa um capítulo dela.

Se você não conhece a história, leia desde o primeiro capítulo aqui.

Agora, se você não leu o capítulo anterior, clique aqui e  fique por dentro.

E vamos ao capítulo de hoje:

 

Eu não conseguia sair do quarto, não queria falar com ninguém e muito menos queria ficar pensando no que aconteceu.

Mas eu comecei a me dar conta de que a minha vida tinha que seguir, eu tinha que viver, não podia deixar aquele acontecimento me paralisar.

Uma pessoa muito querida se foi, mas eu continuava aqui para continuar contando a minha história. E história dela foi contada, o papel dela aqui na terra foi cumprido, seja ele qual fosse. Agora eu é que tinha que cumprir o meu papel.

“Mas qual é o meu papel? Qual é a minha missão? O que vim fazer? O que vou deixar para os outros?”. Essas e mais uma infinidade de perguntas começaram a rondar a minha mente, mas as respostas parece que não apareciam.

Até que eu decidi sair, pegar minha bike e ir dar uma volta.

Levantei, tomei um banho, peguei minha bicicleta e saí.

Saí sem destino, sem hora pra voltar. Saí simplesmente pra tentar colocar a minha cabeça no lugar, clarear um pouco os pensamentos.

Naquele dia eu só consegui pensar em mais perguntas, mas uma coisa eu tinha a certeza: eu não iria ficar parado, não iria deixar de viver e eu iria deixar algo de importante e marcante aqui na terra.

Voltei pra casa depois de umas 3 horas.

Pedi uma comida.

Tomei um banho.

E me deitei com a mente mais aliviada, pronto para que um amanhã melhor viesse.

 

PRÓXIMO CAPÍTULO (semana que vem)

VER TODOS OS CAPÍTULOS (clique aqui)

Gostou desse capítulo? Deixe um comentário (é rapidinho).

Se identificou com a história? Compartilhe, mais pessoas podem se identificar também.

Quer ficar por dentro de tudo o que rola no blog? Curta a página no Facebook.

Me siga no Instagram.

Yeaaap!

– LET LIVE –

A vida é a coisa mais preciosa que temos, parece até obvio. Mas do que faz sentido não viver uma vida da melhor maneira? “Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas apenas existe”.

Permita-se viver a sua vida e escrever a sua história.

E eu estou aqui para deixar registrada a minha.

Comentários