Faaaala pessoal! Hoje saiu mais um capítulo da webhistória mais legal da internet!

Se você não viu o 2º capítulo, clique aqui para entender o que está acontecendo.

Vamos para a história!

Ao entrar, a primeira coisa que faço é pegar uma cerveja e ligar o som. Coloco Happy, do Pharrel para ouvir – trilha sonora perfeita para o dia de hoje – e aumento todo o volume, nem ligando se vou ouvir reclamação dos vizinhos. Não demora muito e a campainha toca, é Vitor com um pacote de amendoim e um pack de cerveja. Nos cumprimentamos com um abraço e peço para ele entrar e colocar a cerveja no congelador e pegar uma que já está gelada para beber. Enquanto ele faz isso eu pego uma tigela para colocar os amendoins. Brindamos e pergunto como anda a vida, o que tem de novo, como está o trabalho, essas coisas de rotina que sempre perguntamos. Logo em seguida chegam Patrícia e Bruno – o casal não assumido dos amigos. Patrícia traz um bolo nas mãos e Bruno, como já era de se esperar, uma garrafa de uísque. Ele sempre diz que uma comemoração só é uma comemoração se tiver uísque – e quem sou eu pra discordar, né?

Cada um pega uma cerveja e ficamos conversando mais um pouco até que Sophia bate à porta. Vou atende-la com a cerveja na mão e quando abro a porta ela pula no meu pescoço e me dá um abraço muito apertado. Fecho a porta e “carrego” ela pro meio da sala, onde estão os nossos amigos. Ela cumprimenta todos e é nesse momento que eu falo sobre o que é essa comemoração. Abaixo o volume do som e digo:
– Bom, pessoal, vocês estão aqui hoje pra comemorar um dia inesquecível na minha vida, um dia que vai mudar totalmente o meu rumo e minhas conquistas. Eu quero que vocês fiquem felizes por mim.
Nesse momento eu paro, respiro, olho pra eles com um sorriso e digo:
– Eu me demiti!
Os 4 olham pra mim e, simultaneamente, perguntam:
– O que?! – com cara de perplexos com o que eu disse.
– Isso mesmo, eu pedi demissão hoje. Vou seguir uma nova vida daqui pra frente.
– Mas você estava tão bem no seu emprego – disse Patrícia.
– É verdade, você ganha bem, tem sua casa. O que vai fazer agora? – perguntou Vitor.
Bruno já foi pegando os copos e a garrafa de uísque e gritou:
– Aeee! Vamos comemorar a demissão do Bernardo! Toma aqui seu copo, o seu, o seu, aqui e o meu – disse ele entregando os copos pra cada um de nós.
Sophia não disse nada, ficou tão impressionada com a notícia que mal conseguiu falar.
Bruno encheu os copos e disse:
– Um brinde à liberdade, à coragem e, principalmente, à felicidade do nosso amigo!
E brindamos.
Nesse momento Sophia olha pra mim e pergunta:
– Mas e agora, o que você vai fazer da vida?
– Não sei, ainda não parei pra pensar nisso.
– Como assim?! Você pediu demissão sem ter um plano? Você é maluco!
– Eu precisava fazer isso, não estava mais aguentando. Aquilo não era a minha vida, eu precisava mudar e essa foi a única solução. Eu preciso fazer algo que realmente me deixa feliz.
– Mas você precisa pensar no que fazer daqui pra frente, nem que seja uns bicos ou outro emprego.
– Eu vou pensar ainda no que fazer, mas hoje é dia de comemoração! Me dá um abraço e bebe comigo.
Todos gritam felizes da vida por mim.
Ficamos ali por algumas horas bebendo, dançando e conversando sobre a vida de cada um. Aos poucos foram embora e eu, como em todos os dias, fiquei sozinho.
Desliguei o som, arrumei a bagunça e fui dormir.

– LET LIVE –

CLIQUE AQUI PARA VER O PRÓXIMO CAPÍTULO

E esse foi o nosso terceiro capítulo!

Semana que vem tem a continuação 🙂

Não conhece a história? Veja o 1º Capítulo aqui

Perdeu o 2º capítulo? Clique aqui

Curta nossa página no Facebook para acompanhar o desenrolar da história

A vida é a coisa mais preciosa que temos, parece até obvio. Mas do que faz sentido não viver uma vida da melhor maneira? “Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas apenas existe”.

Permita-se viver a sua vida e escrever a sua história.

E eu estou aqui para deixar registrada a minha.

Comentários