Aqui vão algumas dicas de como ser feliz sem muito esforço.

Basta ter força de vontade.

 

  • DEMONSTRE GRATIDÃO

Quando demostramos gratidão a uma pessoa por algo que ela fez por você, ou mesmo quando agradecemos as coisas que conquistamos, nossa atenção fica voltada aos aspectos positivos da nossa vida.

Memórias agradáveis ​​provocam a produção de serotonina no córtex cingulado anterior, que é um neurotransmissor importante na regulagem do nosso humor.

 

  • RESOLVA PROBLEMAS UM POR VEZ

Nosso cérebro nunca para de procurar soluções para todos os problemas que nos preocupam. Isso acaba consumindo muita energia e, sempre que o cérebro se cansa de procurar alternativas sem respostas, sentimos ansiedade e irritação.

Agora, analisando por um outro ponto de vista, para cada decisão bem-sucedida, nosso cérebro recompensa-se com uma dose de neurotransmissores que acalma o sistema límbico e nos ajuda a ver o mundo novamente em uma luz melhor. Dessa forma, é realmente mais funcional lidar com um problema por vez do que com múltiplas adversidades.

 

  • FALE SOBRE O QUE O INCOMODA E NÃO FIQUE REMOENDO O MAL

O simples fato de ficar consumindo seu tempo pensando em coisas que te desagradam ou pessoas que te fazem mal é um péssimo negócio para seu cérebro. As emoções negativas têm um menor impacto no seu bem-estar.

Portanto, é mais aconselhável soltar seus problemas em desabafo do que manter suas adversidades reprimidas. O simples processo de falar sobre eles faz com que o seu cérebro desencadeie a produção de serotonina e até mesmo consegue encontrar alguns lados positivos para a situação. Além, é claro, de servir para encontrar uma solução para o conflito.

 

  • INTERAJA SOCIALMENTE

Para os seres humanos, interação social é muito importante. E, você pode fazer essa interação física de muitas formas, especialmente toques e abraços, que podem acelerar a recuperação de uma pessoa após uma doença, ou mesmo ajudar na depressão.

Agora, se você remover a interação tátil de sua vida, o cérebro percebe a ausência da mesma maneira como percebe uma dor física: as mesmas zonas cerebrais se ativam em ambos os casos. Isso faz com que desencadeie processos que afetam seu humor e contribuem para o desenvolvimento da depressão.

 

  • NUNCA DEIXE DE APRENDER COISAS NOVAS

Para o cérebro, adquirir novos conhecimentos é uma ginástica mental muito importante, pois significa a adaptação permanente a um ambiente em mudança.

Por meio desse processo, nosso cérebro se desenvolve, recompensando suas próprias tentativas de absorver e processar novas informações com a dopamina, o hormônio da alegria. Se você quer ser feliz, não tenha medo de tentar algo novo, mudar o seu entorno, aprender coisas novas e fugir da rotina.

 

  • PRATIQUE ATIVIDADE FÍSICA

O esporte oferece um estresse para o corpo. Mas, assim que esse estresse termina, seu corpo ganha uma recompensa: uma boa dose endorfinas, liberada pela glândula pituitária. Este efeito é semelhante ao dos opiáceos (como a morfina), que reduzem a dor e elevam o humor.

É claro que você não precisa correr uma maratona para atingir esse resultado, em uma simples caminhada já pode fazer resultados muito satisfatórios. Aliás, muitos atores, escritores e compositores consideram a corrida como parte indispensável do processo criativo.

 

  • TENTE SEMPRE DORMIR BEM

Toda vez que dormimos no escuro, nosso corpo secreta o hormônio melatonina. Este hormônio ajuda a retardar todos os processos no corpo, recuperando e aumentando o nível de serotonina no hipotálamo.

A partir do momento em que o cérebro detecta uma mudança na iluminação, desencadeia a liberação do hormônio do estresse para despertar rapidamente o corpo. Por isso é muito importante dormir entre 6 e 8 horas por dia e apenas e, prioritariamente, em ambientes escuros.

 

Mais textos como esse você encontra AQUI

– LET LIVE –

A vida é a coisa mais preciosa que temos, parece até obvio. Mas do que faz sentido não viver a vida que se quer? Permita-se viver a sua vida e escrever a sua história.

Estou aqui para deixar registrada a minha história e viver a vida que eu quero pra mim.

Comentários